terça-feira, 1 de dezembro de 2015

III Seminário do Grupo de Estudos em Arqueologia e Cultura Material da Unville

Imperdível!!!! 
É com imensa satisfação que o ARQUEOCULT convida a todos para o III Seminário do Grupo de Estudos em Arqueologia e Cultura Material-15 e 16 de dezembro no MASJ - Museu Arqueológico de Sambaqui de Joinville.

terça-feira, 10 de novembro de 2015

Livro no formato ePub - Vol. I da Obra Patrimônio Cultural, Direito e Meio-Ambiente, um debate sobre a globalização, cidadania e sustentabilidade - Volume I

Divulgando o link do Livro no formato ePub - Vol. I da Obra Patrimônio Cultural, Direito e Meio-Ambiente, um debate sobre a globalização, cidadania e sustentabilidade - Volume I - organizado por Juliano Bitencourt Campos, Daniel Ribeiro Preve e Ismael Francisco de Souza, Livro publicado pela Editora Multideia, 2015, ISBN 978-85-8443-049-9, 256 páginas, com o Prefácio do Prof. Dr. Pedro Paulo Funari do LAP Unicamp.
Alem disso o livro traz o capítulo "Licenciamento ambiental de atividades potencialmente degradantes do meio ambiente e a (não) preservação de sítios arqueológicos" de autoria de Sandra Pereira Cacciatore, Dione da Rocha Bandeira e Luca Cacciatore
Em formato flip e também disponível para download:

quarta-feira, 4 de novembro de 2015

Oficina Arqueografia

Amanhã, dia 05 de novembro, o MPCS promoverá a oficina "Arqueografia" do Ciclo de Oficinas Metodológicas de 2015.

Responsável: Profa. Dione da Rocha Bandeira
Horário: 14:00 às 18:00.
Local: A 306.

quarta-feira, 7 de outubro de 2015

Datações - Projeto Costa Leste



Arqueocult e Projeto Costa Leste em festa hoje!!! Saíram as datações para o sambaqui em Abrigo - Casa de Pedra, localizado na Praia Grande, em SFS, são duas datas: 4460 +/- 30BP e 5470 +/- 30BP.
Outras datações foram registradas na região, sendo a mais recente para o Sambaqui LAS10 - 3470 +/- 30BP.

Viva a Arqueologia!!!!

quarta-feira, 22 de julho de 2015

Escavação do Proj. Costa Leste

A Primeira etapa de escavação do sítio Casa de Pedra está em andamento com a participação de alunos dos cursos de graduação em Biologia Marinha e História e do Mestrado em Patrimônio Cultural e Sociedade da Univille.






o projeto Costa Leste é acadêmico e tem apoio financeiro da Fapesc e Fap/Univille. Tem autorização do IPHAN e da Fatma já que parte dos sítios estão no Parque Acaraí. E o endosso institucional é do Museu Arqueológico de Sambaqui de Joinville - MASJ

quarta-feira, 15 de julho de 2015

Pós-graduação em Arqueologia



Egressos da Univille têm até 25% de desconto nas mensalidades!

Objetivo: oferecer formação de pós-graduação em arqueologia para profissionais de diferentes áreas para atuarem no ensino, na gestão, conservação e pesquisa do patrimônio arqueológico e na arqueologia preventiva.

Público alvo: graduados de diferentes áreas com interesse em desenvolver habilidades para o trabalho com patrimônio arqueológico, sejam na gestão, no ensino, na pesquisa, como na preservação. Profissionais de instituições públicas que lidam com patrimônio cultural. Profissionais interessados em atuar em consultorias ambientais junto às empresas ou como autônomos.

Inscrições abertas até 7 de agosto de 2015.
Mais informações acesse a página de Especialições da Univille

terça-feira, 14 de julho de 2015

Dossiê IX Reunião da SAB Sul

A Revista Tecnologia e Ambiente do PPGCA (Programa de Pós-Graduação em Ciências Ambientais) da Unesc publica mais uma edição. O volume da revista vem titulado como Dossiê IX Reunião da Sociedade de Arqueologia Brasileira / Regional Sul, v. 21, n. 1, 2015, Criciúma, Santa Catarina. ISSN 1413-8131. O Dossiê é o resultado dos trabalhos apresentados no IX Reunião da Sociedade de Arqueologia Brasileira / Regional Sul que ocorreu no Campus da Univille, entre 14 e 17 de outubro de 2014 na cidade de Joinville, Santa Catarina.
 
Segue o link da nova edição 
 
Apresentação: Beatriz Ramos da Costa, Marcus Vinícius Beber, Josilene Aparecida de Oliveira

Artigos

PARQUE NATURAL MUNICIPAL CAMINHO DO PEABIRU: UMA UNIDADE DE CONSERVAÇÃO ENTRE CONFLITOS E EXPECTATIVAS
Jonathas Kistner

PAISAGEM, ARQUEOLOGIA E OS LUGARES TRANSFORMADOS: A ALAMEDA BRÜSTLEIN EM JOINVILLE (SANTA CATARINA)
Anna Kelly Krassota, Dione da Rocha Bandeira, Fernanda Mara Borba, Graciele Tules de Almeida

CO-EVOLUÇÃO DE CULTURA E AMBIENTE NA FORMAÇÃO DO JÊ MERIDIONAL
Rafaela Vieira Nogueira, Pedro Ignácio Schmitz, Jairo Henrique Rogge

ARTE RUPESTRE NO PARANÁ: NOVAS DISCUSSÕES
Claudia Inês Parellada

ZOOARQUEOLOGIA DE VERTEBRADOS DO SAMBAQUI DO PAPAGAIO, BOMBINHAS, SANTA CATARINA
Diego Dias Pavei, Juliano Bitencourt Campos, Jairo José Zocche, Marcos Cesar Pereira Santos

OS ARTEFATOS LÍTICOS XETÁ DA SUBCOLEÇÃO LOUREIRO FERNANDES: UMA ABORDAGEM ARQUEOLÓGICA NA COLEÇÃO ETNOGRÁFICA DO MAE-UFPR
Fabiana Terhaag Merencio

ARQUEOBOTÂNICA DAS MADEIRAS DA ALAMEDA BRÜSTLEIN: ESTUDO DE CASO DE UM SÍTIO ARQUEOLÓGICO HISTÓRICO DE SANTA CATARINA Julita Reynaud Rodrigues, João Carlos Ferreira de Melo Júnior

ISÓTOPOS DE ESTRÔNCIO NO SÍTIO ARMAÇÃO DO SUL, FLORIANÓPOLIS/SC: RESULTADOS PARCIAIS, REFLEXÕES INICIAIS
Gabriela Oppitz, Paulo DeBlasis, Andrea Lessa, Veridiana T. S. Martins, Murilo Q. R. Bastos, Luciane Z. Scherer, Liliane A. Petronilho

FORMAS DE SEPULTAMENTO NA TRADIÇÃO CERÂMICA TUPIGUARANI Fabiane Maria Rizzardo, Pedro Ignácio Schmitz

ÍNDIOS GUARANIS: SERIA A DIVERSIDADE ARQUEOLÓGICA DAS VASILHAS CERÂMICAS UM PARÂMETRO ÉTNICO?
André Luis Ramos Soares

SALVAGUARDA DO ACERVO ARQUEOLÓGICO DO MUSEU DO HOMEM DO SAMBAQUI “PE. JOÃO ALFREDO ROHR, S.J.” DO COLÉGIO CATARINENSE, FLORIANÓPOLIS, SC.
Ana Lucia Herberts, Sabrina Escobar Freitas Ribeiro, Caroline Brandão, Adriana Maria de Souza e Silva

REFLEXÕES PRELIMINARES PARA AÇÕES INCLUSIVISTAS DO PATRIMÔNIO CULTURAL NA VIDA DE PESSOAS CONFINADAS
Gerson Machado

quarta-feira, 1 de julho de 2015

terça-feira, 23 de junho de 2015

Projeto quer avançar sobre dispersão humana na América

Prefeitura de Joinville - Material de Imprensa 

CULTURA - Projeto do Museu Arqueológico de Sambaqui de Joinville quer avançar nos estudos sobre a dispersão humana na América
Joinville, 
23/06/2015 09:39:15

O Museu Arqueológico de Sambaqui de Joinville (MASJ) busca parceiros para a continuidade das escavações no sambaqui Cubatão I. O projeto de pesquisa “Culturas e Meio Ambiente Pré-colonial da Baía da Babitionga: Etapa III Os Sambaquis do rio Palmital e Foz do rio Cubatão, Região de Joinville/SC”, tem aprovação pela Lei Rouanet para captar R$ 142 mil. O objetivo é avançar na pesquisa do Cubatão I, localizado na foz do rio Cubatão. Datado em três mil anos, o Cubatão I é um dos sambaquis mais estudados da região.
Nas escavações realizadas entre 2007 a 2009 novas perspectivas sobre a dieta alimentar, longevidade e saúde desses povos foram levantadas, além do surpreendente rigor no modo de enterramento das pessoas naquele espaço há 2.600 anos.
"Entre os 22 indivíduos descobertos, há seis sepultamentos infantis com riqueza em adornos, algo raro em escavações. Como se fossem cápsulas do tempo com tesouros biológicos, os dados que podem ser levantados sobre o modo de vida e a saúde desses povos podem  gerar comparativos para  a saúde pública da nossa sociedade", explica Roberta Meyer, coordenadora do MASJ. 
Outro ineditismo do Cubatão I é a sua forma de construção que evidencia na camada da base uma estrutura de madeira com fibras trançadas. Joinville é considerada a capital mundial de sambaquis.
A cidade concentra  41 sítios arqueológicos do tipo sambaqui, um patrimônio protegido por Lei Federal e que registra a ocupação humana  na região há mais de 5 mil anos. Segundo Roberta Meyer, os sambaquis preservados de Joinville potencializam a importância da cidade para o avanço científico sobre a dispersão humana na América do Sul. 
A coordenadora do Museu de Sambaqui reforça que estudar mais os sambaquis significa ampliar o conhecimento científico regional com perspectivas e interesses internacionais porque esses povos representam um dos mais antigos movimentos da dispersão do homem pela América.
“Buscamos o apoio de pessoas ou empresas que tenham interesse em ser parceiras e incentivadoras das pesquisas arqueológicas em Joinville", disse a dirigente do Museu. As pessoas interessadas devem procurarr o setor de Captação de Recursos da Fundação Cultural de Joinville. Informações pelo telefone (47) 3433-2190, com a Captação de Recursos.


Informações adicionais
Diego Rosa
Secretaria de Comunicação (Prefeitura Municipal de Joinville)
E-mail: drimprensa@gmail.com
Telefone: 

Enviado automaticamente pelo sistema Gerenciador de Notícias do Governo de Joinville

Centro de Informática e Automação do Estado de Santa Catarina

terça-feira, 2 de junho de 2015

CONTAGEM REGRESSIVA

Neste dia 04.06 iniciam os campos do projeto CULTURA MATERIAL E PATRIMÔNIO ARQUEOLÓGICO PRÉ-COLONIAL DA COSTA LESTE DA ILHA DE SÃO FRANCISCO DO SUL/SC - CONTRIBUIÇÃO PARA UMA ARQUEOLOGIA DA PAISAGEM E COSTEIRA E ESTUDOS DE ETNICIDADE, o nosso querido "Costa Leste", sob coordenação da Professora Dione da Rocha Bandeira e com financiamento da FAPESC.

Estão previstas visitas em todos os sítios da área de abrangência do projeto, bem como uma avaliação do sambaqui sob rocha Casa de Pedra.

Alguns sítios arqueológicos a serem estudados no Projeto Costa Leste
(Clique pra ampliar)

Além do campo haverá uma discussão de trabalhos já realizados na região - tanto arqueológicos quanto da vegetação e da fauna - para uma melhor contextualização do ambiente e durante este e os próximos campos que o projeto prevê em seu cronograma.

Deverão participar do campo e das apresentações temáticas alguns professores, pesquisadores voluntários, alunos de iniciação científica e do mestrado em Patrimônio Cultural e Sociedade da Univille vinculados ao projeto "Costa Leste".


Fonte: Página Facebook - Parque Estadual Acaraí

(#Piadinha) Todos estarão a procura do homem do sambaqui que habitou a nossa região. Até hoje o grupo conseguiu apenas uma foto (todo mérito do clique para nossa integrante Magda). Ainda vamos entrevistá-lo (hahaha)

Modelo: Kleber, grande parceiro dos campos do ArqueoCult

segunda-feira, 1 de junho de 2015

1º Past Food - Sabores Sambaquianos

" Você gosta de comer bagre, robalo, baiacu, corvina? Ostras, berbigões e mariscos? E gosta de cará, batata-doce, taioba, milho e pinhão? As preferências de paladar costumam ser individuais e seletivas. "



Sexta-feira (29/05) tivemos no Centro de Artes e Design da Univille o enceramento do 1º Past Food - Sabores Sambaquianos com a degustação de aperitivos "sambaquianos". O evento teve uma programação científica que veio ao encontro do tema proposto pelo ICOM para a 13ª Semana de Museus, que é “Museus para uma Sociedade Sustentável”.

Agenda:
Dia 22.05 – Atividades experimentais em dois horários (8h30 às 12h; 19h às 22h30). Alunos de Gastronomia da UNIVILLE vão fazer práticas (releituras) de criação de receitas, a partir dos insumos consumidos pelos grupos pré-coloniais. Local: curso de Gastronomia. Equipe do MASJ também participará da atividade. Estas práticas também vão ocorrer na semana de 25 a 29.
Dia 25.05 – Seminário científico em dois horários (8h30 às 12h; 19h às 22h30). Local: Centro de Artes e Design da UNIVILLE. Equipes do MASJ e UNIVILLE.
Dia 29.05 – Degustação e palestra abertas ao público (a partir das 19h).

O evento foi uma proposta do Museu Arqueológico de Sambaqui de Joinville - MASJ (incluindo integrantes do ArqueoCult) com o objetivo de criar possibilidades de divulgação dos dados científicos, que podem ser obtidos através de uma escavação arqueológica

A primeira degustação do Past Food atraiu cem pessoas no período da manhã, de acordo com o MASJ. Estudantes e professores da UNIVILLE, grupos do CRAS do Adhemar Garcia foram
os interessados em saborear alguns alimentos da dieta dos sambaquianos. A noite, a degustação continuou das 19h às 20h. Para o encerramento tivemos a palestra da professora convidada, Mariana Corção



Imagens: blog do MASJ e Facebook da Prefeitura de Joinville

quarta-feira, 13 de maio de 2015

Projeto Aprovado - ArqueoCult

APROVOU!!!

Projeto da Prof. Dra. Dione Bandeira foi aprovado pelo Edital Elisabete Anderle - Prêmio Catarinense de Patrimônio Material e Imaterial, na categoria Material Móvel e Integrado

Coordenadora de projeto: Dione da Rocha Bandeira
Projeto: Origens, cronologia, costumes dos povos pré-coloniais da baía da Babitonga - arqueometria aplicada às coleções dos sambaquis

quinta-feira, 30 de abril de 2015

Grande grupo GEIPAC

Olá pessoal do grande grupo, GEIPAC!

Não esqueçam que segunda feira dia 04/05 temos a nossa reunião.
Ficou combinado que discutiremos e auxiliaremos nas pesquisas dos integrantes do grupo.

Confirme sua presença.
Esperamos todos vocês!!

04/05 - 16h30min 
Local: LHO

quinta-feira, 23 de abril de 2015

segunda-feira, 30 de março de 2015

terça-feira, 10 de março de 2015

UMA NOITE NO MUSEU

Na segunda-feira (2), às 19hs, membros do Arqueocult participaram de uma palestra no Museu Arqueologico de Sambaqui de Joinville/MASJ,  com o professor da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Dr André Pierre Prous - graduado em História pela Universidade de Poitiers (1966), mestrado em História Antiga pela Universidade de Poitiers (1968) e doutorado em Pré História pela Universidade de Paris 1 Pantheon-Sorbonne (1974). É autor dos livros “Arqueologia Brasileira”, “O Brasil Antes dos Brasileiros” e “Brasil Rupestre”. O especialista debateu o tema “Sambaqui, Arte e Trabalho na Pedra”, relatando sua experiência com um sítio arqueológico em Minas Gerais, nas proximidades do Rio São Francisco.
A palestra do Prof. Dr. Prous, foi uma programação cultural do projeto “Uma Noite no Museu” no Museu Arqueológico de Sambaqui de Joinville (MASJ). A vinda do professor à Joinville foi uma ação da AMASJ e do Museu Arqueológico de Sambaqui de Joinville, com apoio da Fundação Cultural de Joinville e da Univille.

A interação arqueólogos, profissionais afins e comunidade é de extrema importância para a ciência de modo geral, pois é nestes momentos que a ciência é divulgada a população, que se provoca a buscar conhecimentos não só em suas áreas de trabalho/atuação. E essa importância, como não poderia ser diferente, também é sentida ao Arqueocut, pois contribui para o desenvolvimento dos projetos dos membros, que enriquecem suas pesquisas com as experiências e conselhos relatados por outros profissionais.


sexta-feira, 27 de fevereiro de 2015

Firmando parcerias:

No dia 26 de fevereiro 2015 recebemos a Arqueóloga Dra. Claudia Inês Parellada que será nossa parceira no Projeto "Cultura Material e Patrimônio Arqueológico Pré-Colonial da Costa Leste da Ilha de São Francisco do Sul/SC - Contribuição para uma Arqueologia da Paisagem Costeira  e Estudos de Etnicidade" o objetivo é contribuir para o estudo das cerâmicas Jê e  Guarani e o levantamento das coleções da região que fazem parte do acervo do Museu Paranaense, além da troca de informações e o intercâmbio de ideias trabalhos relacionados à Costa Leste de São Francisco do Sul.




terça-feira, 13 de janeiro de 2015

Começamos 2015!

COM MUITA SATISFAÇÃO que o LeArq/ArqueoCult começa 2015 com uma notícia ótima: nosso projeto apelidado de Costa Leste foi aprovado na FAPESC - Edital de Chamada Pública FAPESC N° 01/2014 Programa Universal


9 de julho de 2014 · Lagoa Capivaru, adjacente ao Rio Acaraí. Praia Grande ao fundo.

ProjetoCultura Material e Patrimônio Arqueológico Pré-Colonial da Costa Leste da Ilha de São Francisco do Sul/SC -Contribuição para uma Arqueologia da Paisagem Costeira e estudos de Etnicidade

Resumo: O presente projeto volta-se para a pesquisa de sítios pré-coloniais existentes na costa leste do Município de São Francisco do Sul, SC. É uma região rica em sambaquis que foram minimamente pesquisados. A proposta é fazer um recadastramento dos sítios existentes e sondagens e coletas em vários deles. Um aspecto relevante em relação à região do projeto é a existência de uma unidade de conservação – o Parque Estadual Acaraí.


  • Equipe LeArq/ArqueoCult na Costa Leste de São Francisco do Sul


  • Trilha do Parque Acaraí que dá acesso a alguns sítios arqueológicos da região

Além da aprovação do projeto, estamos negociando junto a Google Inc. para que possamos utilizar o seu Trekker (imagem abaixo) para tirarmos fotos 360° da Costa Leste (praia, sítios arqueológicos, formações geológicas, fauna, etc), aproveitando nossas atividades de campo


Teremos um 2015 de muito trabalho! 
-----
Equipe LeArq/ArqueoCult

P.S.:
- Em fevereiro devemos retomar as reuniões do grupo. A primeira no dia 03.02 a noite