quinta-feira, 23 de maio de 2013

Ata Reunião 23/05 - SOCIEDADE SAMBAQUIEIRA, COMUNIDADES MARÍTIMAS

Hoje no Grupo de Arqueologia e Cultura Material discutimos o texto "Sociedade Sambaquieira, Comunidades Marítimas" do prof. Doutor Calippo, originado de sua tese de doutorado.

O texto traz uma abordagem teórica fundamentada na Arqueologia e na Antropologia marítima, onde os ambientes aquáticos deixariam de ser simplesmente compreendidos como um local de captação de
recursos e vias de circulação para passarem a ser entendidos também como parte de um espaço socialmente percebido e incorporado às suas práticas sociais econômicas e simbólicas.

Interessados, o artigo está disponível em: Revista de Arqueologia n° 24_V.1 http://sabnet.com.br/revista/artigos/SAB_Revista_V24-01.pdf - página 82.

quarta-feira, 22 de maio de 2013

Revista Cienc. Cult. vol. 65 no. 2 - abr./jun. 2013 - Núcleo Temático sobre Arqueologia

A Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC) acaba de disponibilizar a versão digital da Revista Ciência e Cultura (ISSN 0009-6725), que em seu volume de abril/junho de 2013 (vol.65 no.2) apresenta um Núcleo Temático dedicado integralmente à Arqueologia. A Revista Ciência e Cultura é uma publicação (impressa e digital) da SBPC dedicada à Divulgação Científica, realizada com apoio do CNPq e da FAPESP. A edição da Revista está sob a responsabilidade do Laboratório de Estudos Avançados em Jornalismo (LabJor/UNICAMP) e possui uma tiragem trimestral de 25.000 exemplares distribuídos em todo o Brasil. O volume sobre Arqueologia pode ser acessado através da página: http://cienciaecultura.bvs.br/scielo.php?script=sci_issuetoc&pid=0009-672520130002&lng=pt&nrm=iso

Workshop de Tecnologia e Arqueologia Experimental


terça-feira, 21 de maio de 2013

Exposição Face a Face com a Pesquisa - MASJ

 
Nova exposição do Museu Arqueológico do Sambaqui de Joinville "Face a Face com a pesquisa" traz informações sobre algumas pesquisas realizadas pelo museu nos últimos anos e apresenta como grande novidade a reconstituição facial realizada sobre um crânio feminino proveniente do Sambaqui Morro do Ouro.
 
Vale a pena conferir!

http://anoticia.clicrbs.com.br/sc/cultura-e-variedades/anexo/noticia/2013/05/museu-de-sambaqui-de-joinville-abre-nova-exposicao-nesta-quarta-feira-4138639.html

Inter-congresso da WAC

Programação do Inter-congresso da WAC em Porto Alegre, nos dias 3 e 4 de junho

03/06/2013
09:00-12:00 –
Mesa Redonda: Arqueologia e Capitalismo: O Passado como Mercadoria?
Debatedor: Cristóbal Gnecco (Universidad del Cauca, Colômbia/ CNPq, Brasil).

14:00-17:00 –
Mesa Redonda: Uma Visão Critica da Arqueologia de Contrato em Perspectiva Mundial
Debatedor: Alejandro Haber (Universidad Nacional de Catamarca, Argentina).

17:30-18:30 –
Fórum de Discussão
Mediadora: Fabíola Silva (Universidade de São Paulo/CNPq, Brasil).

04/06/2013
09:00-12:00 –
Mesa Redonda: Arqueologia de Contrato no Brasil: Direitos Indígenas e  Desenvolvimento Econômico
Debatedor: Sergio Baptista da Silva (Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Brasil)

14:00-17:00 –
Mesa Redonda: Agendas para uma (Re)Ação ao Capitalismo: Impacto Profissional, Educação Patrimonial e Respostas Locais
Debatedora: Adriana Schmidt Dias (Universidade Federal do Rio Grande do Sul/CNPq, Brasil).

17:30-18:30 –
Fórum de Discussão
Mediadora: (IPHAN/Universidade Federal do Pará/CNPq, Brasil).

quinta-feira, 16 de maio de 2013

II CONGRESO INTERNACIONAL DE ARQUEOLOGÍA DE LA CUENCA DEL PLATA

Que ocorrerá na cidade de  San José de Mayo, Uruguay, entre 7 e 11 de abril de 2014.

No 1º Congresso, realizado em Buenos Aires em 2011, tivemos uma boa representação e excelentes oportunidades para discutir temáticas arqueológicas comuns com colegas argentinos e
uruguaios. Vamos manter essa prática!

O PRAZO PARA ENVIO DE PROPOSTAS FOI ESTENDIDO ATÉ O DIA 31 DE MAIO DE 2013.

segunda-feira, 13 de maio de 2013

Mar recua e ruínas de antigo resort submerso - Patrimônio Histórico?


A cidade de Epecuen, a 550 quilômetros de Buenos Aires, já foi um popular resort na Argentina. Mas uma enchente de grandes proporções, em 1985, deixou o local submerso e destruído.
Mas recentemente a água começou a retroceder, atraindo pessoas.
As autoridades locais querem transformar a cidade em patrimônio histórico, para dar força à renascente indústria turística.

Vídeo em: http://noticias.uol.com.br/meio-ambiente/ultimas-noticias/bbc/2013/05/13/mar-recua-e-ruinas-de-antigo-resort-submerso-viram-atracao-turistica.htm

terça-feira, 7 de maio de 2013

Intercongresso do World Archaeological Congress - Desvelando a Arqueologia de Contrato

Os arqueólogos criam produtos usados de múltiplas formas por públicos variados, porém, raramente é analisado o seu papel como produtor de mercadorias históricas e os usos destes produtos no contexto capitalista. Quais suas responsabilidades frente a esta produção? Os arqueólogos estão conscientes sobre sua cumplicidade com o mercado e a ordem capitalista? E caso estejam, como conciliam uma prática que demanda por justiça e responsabilidade, quando ao mesmo tempo trabalham com e para projetos capitalistas que passam por cima das demandas sociais? É possível praticar uma arqueologia da descolonização em Programas de Arqueologia de Contrato? A cumplicidade não reflexiva da maioria dos arqueólogos com a Arqueologia de Contrato tem criado um espaço público no qual as demandas do capitalismo por especialistas têm sido pro ntamente atendidas. Portanto, a relação entre arqueologia e expansão capitalista aparece como um mero serviço técnico, munida de uma inocente instrumentalidade.
Este intercongresso da WAC, com o tema Desvelando a Arqueologia de Contrato, tem por objetivo analisar as condições sob as quais as relações entre arqueologia de contrato e mercado capitalista se desenvolvem, os princípios (se algum) que são colocados em jogo e os possíveis cenários onde tal cumplicidade pode ser revista e reconstruída através do engajamento crítico.
O evento ocorrerá nos dias 3 e 4 de junho de 2013 no auditório da Faculdade de Direito da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, situado na Avenida João Pessoa, nº 80, Porto Alegre, Rio Grande do Sul. As inscrições podem ser feitas pelo e-mail desvelandoarqueologiacontrato@gmail.com (taxa única: R$ 30,00).
Programação:
03/06/2013
9:00-12:00 – Mesa RedondaArqueologia e Capitalismo: O Passado como Mercadoria?
Palestrantes:
Alejandro Haber (Universidad Nacional de Catamarca/CONICET, Argentina)
Nick Shepherd (University of Cape Town, África do Sul)
Yannis Hamilakis (University of Southampton, Inglaterra)
Debatedor: Cristóbal Gnecco (Universidad del Cauca, ColÃ?mbia. CNPq/UFRGS, Brasil)
14:00-17:00 – Mesa Redonda: Uma Visão Critica da Arqueologia de Contrato em Perspectiva Mundial
Palestrantes:
Jaime Almansa-Sanchéz (JAS Arqueología  S.L.U., Espanha)
Ivana Carina Jofré (Universidad Nacional de Catamarca/CONICET, Argentina)
Roberto Stanchi (IPHAN, Brasil)
Debatedor: Alejandro Haber (Universidad Nacional de Catamarca, Argentina)
17:30-18:30 - Fórum de Discussão
Mediadora: Fabíola Silva (Universidade de São Paulo, Brasil)
04/06/2013
9:00-12:00 – Mesa Redonda: Arqueologia de Contrato no Brasil: Direitos Indígenas e Desenvolvimento EconÃ?mico
Palestrantes:
Jose Otávio Catafesto de Souza (Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Brasil)
Jorge Eremites de Oliveira (Universidade Federal de Pelotas, Brasil)
Loredana Ribeiro (Universidade Federal de Pelotas, Brasil)
Debatedor: Sergio Baptista da Silva (Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Brasil).
14:00-17:00 –
Mesa Redonda: Agendas para uma (Re)Ação frente o Capitalismo: Impacto Profissional, Educação Patrimonial e Respostas Locais
Palestrantes:
Marcia Bezerra (IPHAN, Brasil)
Fabíola Silva (Universidade de São Paulo, Brasil)
Andrés Zarankin (Universidade Federal de Minas Gerais, Brasil)
Debatedora: Adriana Schmidt Dias (Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Brasil)
17:30-18:30 - Fórum de Discussão
Mediadora: Márcia Bezerra (IPHAN, Brasil)
 
Adriana Schmidt Dias
Departamento de História/Instituto de Filosofia e Ciências Humanas (IFCH)
Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFGRS)

Convite: Inovações Tecnologócias


segunda-feira, 6 de maio de 2013

II CONINTER

O II CONINTER pretende promover a divulgação dos trabalhos acadêmicos no campo
interdisciplinar em Sociais e Humanidades, constituindo um lócus essencial para a
troca de experiências e reflexão sobre a pesquisa interdisciplinar que hoje se realiza no
Brasil.

Tendo como tema específico a interdisciplinaridade e a globalização, o II CONINTER vai
reunir pesquisadores de peso, referências mundiais e nacionais nessa discussão.

Propostas de comunicação: Até o dia 15 de junho poderão ser enviados resumos para
os Grupos de Trabalho e Simpósios Temáticos.

Acesse: www.2coninter.com.br

domingo, 5 de maio de 2013

Resumo das Jornadas de Arqueologia - UNESC

Prezados, abaixo alguns link com as matérias publicadas no site da UNESC de divulgação das Jornadas Criciúma - IX Jornadas de Arqueologia Ibero-americanas e I Jornadas de Arqueologia Transatlântica.

1 - http://www.unesc.net/portal/blog/ver/326/22782
Fechando o dia de debates na 9º Jornada de Arqueologia Ibero-americana e 1ª Jornada de Arqueologia Transatlântica, na Unesc, uma mesa-redonda discutiu as perspectivas da arqueologia brasileira e mundial no contexto da crise global. Atuaram como moderadores os professores doutorandos Jedson Francisco Cerezer, do (ITM) Instituto Terra e Memória, de Portugal, e Juliano Bitencourt Campos, da Unesc.

2 - http://www.unesc.net/portal/blog/ver/326/22781
A segunda mesa-redonda de hoje (3/5) e a quarta da 9º Jornada de Arqueologia Ibero-americana e 1ª Jornada de Arqueologia Transatlântica, realizadas na Unesc, tratou do tema “Arqueologia e Patrimônio”. O coordenador dos trabalhos foi o professor doutor André Luiz Ramos Soares, da UFSM (Universidade Federal de Santa Maria), do Rio Grande do Sul.

3 - http://www.unesc.net/portal/blog/ver/326/22776
A 9º Jornada de Arqueologia Ibero-americana e 1ª Jornada de Arqueologia Transatlântica iniciaram hoje (3/5) o último dia de debates com a mesa-redonda “Arqueologia ciência e sociedade”. Para a tarde e noite estão previstas mais duas mesas-redondas. Os eventos são realizados no Auditório Ruy Hülse, no campus da Unesc (Universidade do Extremo Sul Catarinense).

4 - http://www.unesc.net/portal/blog/ver/326/22774
A Unesc assinou na manhã de hoje (3/5) um convênio com o ITM (Instituto Terra e Memória), vinculado ao IPT (Instituto Politécnico de Tomar) e a UTAD (Universidade Trás-os-Montes e Alto Douro), de Portugal. A parceria visa a realização de projetos internacionais de arqueologia, arte rupestre, gestão de patrimônio e do território. Os convênios permitem a colaboração científica entre as instituições, com o acolhimento de alunos e professores nos seus laboratórios, seja no ITM ou na Unesc.

5 - http://www.unesc.net/portal/blog/ver/326/22766
O professor doutor Stefano Grimaldi, da UNITN (Universita' degli Studi di Trento), da Itália, ministrou a última conferência da 9º Jornada de Arqueologia Ibero-americana e da 1ª Jornada de Arqueologia Transatlântica na noite de hoje (2/5), no auditório Ruy Hülse, na Unesc (Universidade do Extremo Sul Catarinense), em Criciúma. Ele abordou o tema “Arqueologia no Cruzamento da História e da Antropologia”.

6 - http://www.unesc.net/portal/blog/ver/326/22764
A segunda mesa-redonda da 9º Jornada de Arqueologia Ibero-americana e da 1ª Jornada de Arqueologia Transatlântica, promovidas na Unesc (Universidade do Extremo Sul Catarinense), em Criciúma, foi realizada na tarde de hoje, tendo como tema “Arte Rupestre e Território – da Pesquisa à Gestão”. Os trabalhos foram coordenados pelo professor doutor José Júlio Garcia Arranz, da Unex (Universidade da Extremadura), da Espanha.

7 - http://www.unesc.net/portal/blog/ver/326/22761
Em seu segundo dia hoje (2/5), no campus da Unesc (Universidade do Extremo Sul Catarinense), em Criciúma, tendo a realização da primeira mesa-redonda. O tema abordado foi a Arqueologia do Contato, sob a coordenação do professor doutor Artur Henrique Franco Barcellos, da FURG (Universidade Federal do Rio Grande), do Rio Grande do Sul.

8 - http://www.unesc.net/portal/blog/ver/326/22756
Pesquisas sobre Arqueologia de diversos países estão tomando conta das salas de aulas da Unesc nesta quinta e sexta-feira (2 e 3/5) no período da manhã. As apresentações científicas integram a 9º Jornada de Arqueologia Ibero-americana e 1ª Jornada de Arqueologia Transatlântica, que vão até sábado (4/5) na Universidade. Quem passar pelo Bloco R poderá conhecer trabalhos feitos por pesquisadores da Colômbia, Espanha, Etiópia, Inglaterra, Irão, Itália e Portugal, além de diversos estados brasileiros, como Bahia, Maranhão, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pará, Paraná, Piauí, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, São Paulo e Tocantins, e a capital federal, Brasília

9 - http://www.unesc.net/portal/blog/ver/326/22740
Iniciam apenas amanhã (1º/5), mas o campus da Unesc já acolhe pesquisadores de diversos países. Na manhã de hoje (30/4) eles foram recebidos pela Reitoria da Universidade. “Temos pesquisadores que chegaram aqui na Universidade que muitos só conhecem de livros”, afirmou o arqueólogo e professor da Unesc Juliano Bitencourt Campos, um dos organizadores dos eventos.

10 - http://www.unesc.net/portal/blog/index/326/10/0/0/0/10
A Unesc vai receber esta semana dois eventos internacionais de Arqueologia. A 9º Jornada de Arqueologia Ibero-americana e 1ª Jornada de Arqueologia Transatlântica iniciam na quarta-feira e seguem até sábado (1º a 4/5), no campus da Universidade. Participantes e palestrantes de diversos países começam a chegar amanhã (29/4) à Unesc

11 - http://www.unesc.net/portal/blog/ver/213/22754
Após o cerimonial de abertura da 9º Jornada de Arqueologia Ibero-americana e da 1ª Jornada de Arqueologia Transatlântica, realizada hoje (1º/05), no Auditório Ruy Hülse, na Unesc, os trabalhos foram iniciados com a conferência “Ecologia, Cultura e Ambiente”, ministrada pelo professor doutor Rualdo Menegat (UFRGS), presidente do Fórum Nacional dos Cursos de Geologia.

12 - http://www.unesc.net/portal/blog/ver/213/22753
Desde hoje (1/5), a Unesc é palco da 9º Jornada de Arqueologia Ibero-americana e da 1ª Jornada de Arqueologia Transatlântica. Os eventos ocorrem no campus da Universidade, em Criciúma (SC), até o próximo sábado (04/05). A cerimônia de abertura foi realizada no Auditório Ruy Hülse e contou com a apresentação dos músicos Carlos Paulo Matias e Rafael Casagrande da Rosa, ambos da Unesc. O coordenador do Setor de Arqueologia da Unesc, Juliano Bitencourt Campos, um dos organizadores dos eventos, deu as boas-vindas aos participantes e considerou que este é um momento de ousadia. “As Jornadas representam a travessia de limites e dificuldades. Mas estamos prontos”, assegurou.

Texto de: Arquéologo MSc. Juliano Bitencourt Campos
Coordenador do Setor de Arqueologia